terça-feira, 27 de setembro de 2016

Bolsas

Qual a mulher que não gosta de uma bela bolsa?




Tem aquelas que além de usar, gostam de fazê-las, como é o meu caso.
Quando resolvi costurar bolsas ? Quando quis ter todas que gostava. Por quê não produzi-las, já que sei costurar? (ofício que aprendi com a minha mãe). Deste momento em diante confecciono as bolsas que uso, as bolsas que as minhas irmãs usam, as bolsas que a minha neta usa e também as bolsas que você usa!
Existe uma bolsa, que todas nós mulheres, gostaríamos de possuir, que é a 2.55 Reissue da Chanel, foi criada em fevereiro de 1955, por isso o nome, mês 2, ano 55.
Em 1983, o sucessor de Coco Chanel, Karl Lagerfeld, recriou a peça icônica com novos materiais, segundo as suas palavras “Criar um futuro melhor a partir dos elementos do passado", com pequenas diferenças, que para os menos atentos são imperceptíveis, que é a Chanel Classic Flap.

10 curiosidades sobre a 2.55.

da Chanel.
1 – Foi a primeira bolsa a tiracolo do mundo. Criada pensando na praticidade, deixando as mulheres com os braços completamente livres.
2 – O modelo foi inspirado na bolsa tipo carteiro usada pelos mensageiros da II Guerra.
3 – O metalassé foi reproduzido dos casacos dos jóqueis e das almofadas de camurça marrom do apartamento de CHANEL, na Rue Cambon, em Paris.
4 – Alguns livros sugerem que a inspiração da cor preta, nasceu da observação dos hábitos que as freiras do convento usavam enquanto ficou no orfanto.
5 – As diferenças entre os modelos de 1955 e 1983 são basicamente o fecho e o couro.
6 – O fecho original era retangular
7 - O fecho CC entrelaçado foi incorporado na década de 80 por Karl Lagerfeld.
8 – As correntes das alças da bolsa, foram inspiradas também no convento que ela viveu quando criança. Inspiradas nas chaves das portas, presas com correntes dupla, nas cinturas das freiras.
9 – A 2.55, possui 7 bolsos
10 – O pequeno Bolso, encontrado na Aba que contém o fecho, recebe o nome de bolso secreto (Batizado por Coco Chanel), para esconder as cartas de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Acessórios Vimajê fica muito feliz com o seu comentário.
Quando a curiosidade mata um gato. Não me deixe morrer. Muito obrigada pela gentiliza. Abraços.